A praça da Bíblia é quase nossa.
Por Amarildo Paticcié
16/04/2006  às 15:40
Postado 16/04/2006  às 15:40

Ela fica no bairro 4º Depósito, recebeu o nome de “Praça da Bíblia” em inauguração ocorrida no final de 2004 (administração passada), contendo:
1. um tablado de tábua corrida, que virou assento, porque desde sua inauguração os bancos ainda não chegaram;
2. dois trilhos de 3,70m, sobre os quais foram colocadas duas sucatas de rodas de vagão ferroviário. Os moradores não entendem até hoje pra que esse protótipo de ferrovia. Homenagem ao bairro? Na dúvida, as rodas foram retiradas, elas estavam soltas, causando riscos de acidentes graves para as crianças;
3. Oito colunas de dormentes podres de 2,80m x 2,30m. A função dessas colunas continua sem sentido, talvez pose para as fotos de inauguração. Mas as crianças lhes deram uma função: viraram traves de futebol;
4. Uma plataforma de concreto e dois pequenos canteiros gramados;
5. Duas gangorras, que duraram pouco tempo de tanto sucesso que fizeram. Tinha dia que às 8 horas já havia fila de crianças para se divertirem com os balanços, retrato da falta de opção de lazer em nossa cidade;
6. Um monumento à Bíblia, colocado no centro da praça. Para as crianças, ele está no lugar errado. Como os dormentes podres viraram gols, o monumento ficou exatamente no meio da quadra improvisada de futsal. Várias crianças já machucaram, nas suas quinas, principalmente à noite, porque a Praça da Bíblia não tem iluminação;
7. Calçamento com rejunte de terra, que por muito tempo fazia do acesso à praça um verdadeiro atoleiro, após as chuvas. Vale destacar também, que na praça não foi instalado uma rede pluvial.
A Bíblia merece praças com o seu nome e o que nela está escrito, todo o nosso respeito. Como um de seus belos versículos onde os discípulos de Jesus achavam que as crianças o estavam incomodando então, o Mestre lhes disse: “deixai vir à min os pequeninos, porque dos tais é o reino dos céus”. Portanto praça homenageando a Bíblia, fica coerente com as escrituras sagradas, quando reserva espaços para os pequeninos serem crianças.
Praças nos bairros melhoram a qualidade de vida de uma cidade. A administração passada acertou em iniciar tal obra. Mas como contribuintes de tantos impostos, o cidadão tem todo o direito de questionar a qualidade e o foco de investimentos públicos. Esperamos que a atual administração corrija as imperfeições para que as crianças possam enfim dizer: A praça é nossa!
Amarildo F Paticcié
Abril de 2006

Comentar
Lista de Comentários
alice drummond de oliveira moreira ribeiro
concordo plenamente com a materia.Pelo amor de Deus,eu acho que ja está na hora de nossas crianças terem seu espaço.Um parquinho na praça não seria nada mau,elas tem esse direito. Parabéns pela materia.
Postado 17/04/2006  às 07:20
© 1997 - 2019 Todos os direitos reservados a Cabangu Internet LTDA.
Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.
Desenvolvido em Wordpress por Rodrigo Brandão.