O GRANDE CHOCALHO
Brasuca Esporte Clube  por Edelson Villanova

No dia 16 de junho de 1950, o planeta futebol ganhara de presente o que seria por muitos anos, o maior estádio de futebol de todos os tempos. Estádio jornalista “Mário Filho”, mais conhecido como maracanã que em tupi significa: maracá ( chocalho) e nã (semelhante designa um som emitido por um papagaio conhecido como maracanãguaçu). Com sua imponência e grandiosidade, seu projeto foi elaborado e desenhado em forma de um chocalho, logo o torcedor carioca apelidou-o de maraca e desde então, assistir uma partida de futebol tornou-se para o torcedor brasileiro e em especial para o torcedor fluminense, um grande atrativo e uma ótima opção de lazer. Desde sua inauguração multidões deixam seus lares e vão em busca de emoção, adrenalina, tanto pela seleção canarinho ou quanto por seus clubes de coração.

Tivemos jogos inesquecíveis, falar de todos seria impossível, mas alguns jogos entraram para a história do maior do mundo, tais como: Brasil x Uruguai na grande final da copa de 1950, ano de sua inauguração, a festa estava toda preparada, mas o torcedor brasileiro teve que amargar um vice campeonato dentro de casa, que silenciou o templo do futebol, deixando frustrados os mais de 150 mil torcedores que estavam ali presentes.

Em 1969, mais de 177 mil torcedores se espremeram nas arquibancadas do maraca para assistirem a grande final do campeonato estadual entre FLA X FLU, num jogo super equilibrado, o FLU venceu a partida com um gol do centroavante Flávio desempatando a partida no final do jogo, levando a taça para as laranjeiras e deixando a torcida tricolor eufórica.

O torcedor do Vasco da Gama, teve a honra de assistir um certo jogador cabeludo, chamado Roberto Dinamite, ídolo de várias gerações, Dinamite apareceu para o futebol carioca e brasileiro em 1974, num ano mágico para o gigante da colina que jogando no maracanã  era praticamente imbatível, assim como chute potente do craque, o Vasco sagrou-se campeão brasileiro pela primeira vez.

O Clube de Regatas do Flamengo, sob a regência do maestro Zico que sem dúvidas alguma foi o maior camisa 10 depois do Rei Pelé, comandava um time quase todo formado na categoria de base do clube, que tinha Adílio, Andrade, Júnior e cia. Jogavam um futebol arte e o FLA com aquele timaço, fizera à alegria de milhares de torcedores por todo Brasil, ganhando seu primeiro título brasileiro em 1980, marcando história no maracanã.

Tivemos também um jogão entre FLA X BOTA, esse que vinha de um jejum de mais de 21 anos sem ganhar um título estadual, fizeram uma final disputadíssima, o ano era 1987, torcedores do Botafogo rezando nas arquibancadas, eis que vem um cruzamento da lateral esquerda e a bola abençoada encontra os pés do atacante Mauricio que a empurra para os fundos da rede e a torcida do glorioso, explode em emoção, comemorando o fim de um incômodo jejum.

E como esquecer do milésimo gol do Rei Pelé, esse fato histórico teria como palco e testemunha, o maior estádio de futebol do mundo, Santos x Vasco, o planeta futebol estava com os olhos e ouvidos todos voltados para o maracanã, pois o Sr. Edison Arantes do Nascimento entraria de vez para a história do futebol mundial.

Maracanã, essa reforma pela qual você está passando é mais do que merecida e nós apaixonados por futebol, te parabenizamos pelos seus 61 anos de história. 16 de junho aniversário do estádio Mário Filho ( Maracanã).

OBS. Apelidos: Maior do mundo, templo do futebol e maraca.

Comentar
© 1997 - 2019 Todos os direitos reservados a Cabangu Internet LTDA.
Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuido sem prévia autorização.
Desenvolvido em Wordpress por Rodrigo Brandão.